Técnico pede para pai de paciente colocar máscara e é ameaçado de morte em hospital

Últimas Notícias

Técnico de enfermagem do Hospital Marechal Rondon foi xingado e ameaçado de morte após pedir para o pai de uma paciente colocar a máscara dentro da unidade de saúde, localizada no Centro de Jardim. Entre as ofensas, o homem chegou a afirmar que estupraria o profissional.

O caso foi registrado da Delegacia de Polícia Civil da cidade na manhã desta quinta-feira (4). No relato, o técnico de enfermagem, de 33 anos, afirma que o suspeito chegou ao hospital procurando atendimento para a filha de 8 anos e foi informado que a menina seria examinada, mas que ele precisava colocar máscara ali dentro, uma exigência dos protocolos da unidade.

Neste momento, o homem se negou a seguir a orientação e questionou quem o funcionário era para fazer a exigência. O técnico repetiu que a menina seria atendida, mas que o acompanhante precisava colocar a máscara.

Nervoso, o homem começou a série de ofensas. Com voz elevada, afirmou que o funcionário do hospital precisava estudar para falar com ele, o ameaçou de morte e até de cometer violência sexual contra o técnico de enfermagem. “Depois que você morrer, vou estuprar você”, teria dito.

A vítima contou a polícia que a situação foi controlada pela esposa do suspeito e que depois disso, pediu a um colega para assumir o atendimento. O caso foi registrado como calúnia e será investigado pela Polícia Civil.

Notícias Relacionadas

17ª edição do Festival da Guavira começa hoje na Praça da Liberdade

A 17ª edição do Festival da Guavira de Bonito (MS) começa nesta sexta-feira (26) na Praça da Liberdade. O...