Bonito realiza imunização de todos os grupos prioritários neste sábado

Últimas Notícias

Campanha será exclusiva para 1ª dose da vacina

Com a chegada do 15º lote de vacinas AstraZeneca a Mato Grosso do Sul, na quinta-feira (29) e  inclusão de novos grupos como prioritários, Bonito realiza a campanha de vacinação neste sábado – 1º de maio – no Ginásio de Esportes, a partir das 7 horas. As senhas começam a ser entregues 5 horas e são exclusivas para 1ª dose.

Conforme a Secretaria de Estado de Saúde, 255 doses devem ser usadas na continuidade da imunização de pessoas a partir 59 anos e pessoas com comorbidades, como diabetes, hipertensos graves, obesidade, cardiovasculares, imunossuprimidos, transplantados, doentes renais crônicos e doenças autoimunes. As gestantes a partir de 18 anos – independente do tempo gestacional – e as puérperas (mulheres que ganharam bebê os últimos 45 dias) também foram inclusas neste grupo.

A Secretaria Municipal de Saúde, lembra que as pessoas com algum tipo de comorbidade devem apresentar cópias do laudo médico ou de receitas ou o cartão de acompanhamento. As gestantes, também é recomendado um laudo médico com parecer do obstetra para recebimento da dose.

Serão vacinados também, coletores de resíduos sólidos, motoristas de transporte rodoviário de passageiros e professores com faixa etária de 55 a 59 anos também serão imunizados. Para este grupo foram recebidas 250 doses. Os interessados devem apresentar carteira de trabalho ou holerite para comprovação.

Todos os grupos devem levar RG, CPF, Cartão do SUS e Carteira de Vacinação.

CoronaVac – A Secretaria Municipal de Saúde divulgou nota informando que não foram recebidas novas doses da vacina e portanto haverá atraso no calendário de vacinação da 2ª dose. A orientação é para aguardar posicionamento nacional. No município cerca de 300 pessoas esperam pela 2ª dose.

Notícias Relacionadas

Bonito vacina crianças de 10 e 11 anos e a partir de 5 anos com comorbidades contra Covid-19

A Secretaria de Saúde de Bonito iniciou a vacinação contra a Covid-19 em crianças de 10 e 11 anos...