Prefeitura apresenta projetos de casas para servidores públicos de 41m², 51m² e 65m²

Últimas Notícias

Reunião realizada nesta segunda-feira (13) com os 86 servidores pré-selecionados para concorrer as 50, das 100 casas que serão construídas em terreno doado pela Prefeitura de Bonito, apresentou três modelos de casa, com metragem de 41m², 51m² e 65m², no qual os contemplados poderão escolher, conforme a renda familiar.

A reunião foi realizada no Sindicato dos Trabalhadores Públicos de Bonito, na manhã de ontem, com a presença do prefeito Josmail Rodrigues, do diretor do Demurf (Departamento de Regularização Fundiária), José Cavalheiro, o procurador jurídico do município, Osmar Prado e empresa responsável pela elaboração do projeto arquitetônico dos imóveis e tinha como objetivo apresentar aos servidores os modelos de imóveis que poderão ser construídos, bem como as possíveis formas de financiamento.

A empresa também passou um valor estimado para cada casa, sendo R$ 150 mil para a casa de 41m² – batizada como Casa Mimoso e contará com dois quartos, sala, banheiro e cozinha – de R$ 170 mil a R$ 180 mil para o imóvel de 51 m² – Casa Rio da Prata, com uma suíte e um quarto, banheiro, sala e cozinha – e de R$ 280 mil a R$ 290 mil para a de 65 m² – Casa Formoso, que terá uma suíte, dois quartos, sala, banheiro e cozinha.

Prefeito destaca que servidores públicos poderão escolher entre casas de 41m², 51m² e 65m²

Sobre o financiamento das casas, a empresa explicou que existem várias possibilidades, desde o financiamento com um banco ou empresa privada, como direto com a Caixa Econômica Federal, no qual, dependendo da renda familiar e documentação apresentada, é possível conseguir até 100% do valor financiado, sem necessidade de entrada e o valor da parcela será descontado em folha.

Lembrando que o valor financiado será relativo apenas aos imóveis, uma vez que o terreno será doado pela Prefeitura de Bonito. A doação dos 50 terrenos exclusivos para servidores públicos é resultado de uma ação, movida pelo Ministério Público contra o município, devido a doação de 100 terrenos em 2016, pelo o então prefeito Leonel de Souza Brito (Leleco), para servidores. O MP entendeu que o município não poderia realizar a doação de 100% dos lotes para uma mesma classe trabalhista e após muitas tratativas, o prefeito Josmail Rodrigues conseguiu que 50% dos lotes seja destinado ao público em geral e 50% aos servidores. O município também ficou responsável por apresentar o projeto de construção das casas.

Das 100 pessoas que foram contempladas em 2016, apenas 86 manifestaram interesse em receber o terreno e agora estes 86 passarão por triagem, com verificação de renda familiar, restrições no nome, entre outros fatores e caso mais de 50 sejam aprovados, será realizado um sorteio entre eles.

A reuniões de ontem era exclusivamente para apresentar o projeto das casas e as formas de financiamento possíveis, porém os valores finais do imóvel a ser financiando, bem como a empresa que deve construir as casas, ainda não foram definidos e devem passar por processo de licitação. O objetivo era apresentar uma prévia aos servidores, para que pudessem ter conhecimento do projeto antes de apresentar a documentação. A partir de agora os interessados devem procurar o Demurf, localizado em anexo ao pátio da Prefeitura, das 7h às 13h, com os documentos de comprovação de renda.

Fonte: PMB

Notícias Relacionadas

Bonito está com inscrições abertas para Corrida do Trabalhador

No dia 1º de maio a Prefeitura de Bonito realiza a Corrida do Trabalhador 2024 em duas modalidades, 5k...