Fake News ou confusão? Polícias de Bonito não têm registros de ocorrência envolvendo travesti e dono de Amarok

Últimas Notícias

O Bonito Mais conversou com os comandantes da Polícia Militar, Guarda Municipal e com o Delegado da Polícia Civil e a suposta confusão envolvendo uma travesti e o dono de uma caminhonete Volkswagen  Amarok branca não foi registrada por nenhuma das corporações.

Segundo o delegado titular da PC de Bonito, Pedro Guimarães, o caso não chegou à delegacia. “Nós tivemos conhecimento deste fato, apenas pela mídia”.

O comandante da Primeira Companhia de Polícia Militar de Bonito, Major Ferraz também destacou que PM não tem nenhum registro de ocorrência relativo ao caso, assim como o comandante da Guarda Municipal, Eleonardo Canepa. “A Guarda não atendeu esta ocorrência e também não tivemos acesso a nenhum boletim de ocorrência”.

Entenda o caso

Neste final de semana a notícia de que um morador de Bonito havia sido levado para delegacia, após fazer um programa com uma travesti e se recusar a pagar ganhou repercussão e muita curiosidade na cidade.

Conforme divulgado por sites da região, o caso teria acontecido “por volta das 22 horas de sexta-feira (23), na área central de Bonito, quando ao terminar o programa o homem de 37 anos, teria se recusado a pagar o serviço no valor de R$250 reais”.

A informação era de que o suposto cliente “estava em uma Amarok branca e que depois do serviço feito, teria tentado dar o calote, dizendo que não tinha o dinheiro naquele momento, mas que pagaria o programa em outra oportunidade”.

A travesti não teria aceitado e exigido o pagamento, irritando o homem, que teria dado um soco no braço da vítima. Após isso, ela teria descido do carro e chamado a polícia militar, que teria localizado o homem em uma conveniência na Pilad Rebuá.

Ele teria sido encaminhado à delegacia de polícia civil, e feito o pagamento afim de não querer arrumar confusão, mas na Delegacia de Bonito, o caso não foi registrado, e segundo delegado, nenhum atendimento deste tipo chegou até a unidade.

A PM de Bonito também reforçou que não tem registros de atendimento ou ocorrência sobre isso.

Desde que a informação foi divulgada, o Bonito Mais recebeu diversos nomes como o possível autor do crime, por isso também procurou pelo caso no sistema policial, mas não encontrou nenhum registro em Bonito.

Segundo a própria polícia, existe a suspeita de que o caso possa ter acontecido em outra cidade ou que seja uma notícia falsa.

Notícias Relacionadas

Bonito está com inscrições abertas para Corrida do Trabalhador

No dia 1º de maio a Prefeitura de Bonito realiza a Corrida do Trabalhador 2024 em duas modalidades, 5k...