Fumaça será lançada na tubulação para identificar ligações irregulares de esgoto

Últimas Notícias

Nesta quarta-feira (12) terá início mais uma etapa do Programa Rios Cristalinos, com aplicação de fumacê na rede de esgoto e de drenagem para identificação ligações irregularidades. O processo, denominado ‘termonebulização’, consiste na aplicação de uma fumaça na rede central de cada rua para observar se ela retorna em algum imóvel. Quando isto ocorrer, indica que há alguma ligação errada de águas pluviais no imóvel.

Rios Cristalinos: ação com fumacê começa na próxima quarta para identificar ligações irregulares
Ação é inédita do Mato Grosso do Sul, tendo Bonito como município pioneiro

O projeto Rios Cristalinos é desenvolvido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SEMA), em parceria com a Sanesul e com a Ambiental MS Pantanal e envolve múltiplas ações para melhoria do sistema de coleta de esgoto e monitoramento da qualidade das águas dos córregos urbanos, com objetivo de proteger os Córregos Saladeiro, Bonito e Restinga, e consequentemente o Rio Formoso.

Entre as ações previstas do projeto estão o acompanhamento do plano de manutenção da rede de esgoto para evitar entupimentos e extravasamentos; busca de soluções para residências que estão abaixo da quota da rede de coleta; identificação e notificação de ligações irregulares de esgoto na rede de drenagem e também de ligações irregulares de águas pluviais na rede de esgoto e monitoramento da qualidade das águas dos córregos urbanos.

“Iniciamos com a identificação de ligações irregulares de águas pluviais na rede de esgoto, com vistorias individuais nos imóveis, para averiguar os encanamentos. Agora estamos entrando em uma nova fase onde será utilizada uma fumaça na rede central da tubulação de esgoto de cada quadra, e se ela retornar nos imóveis, indica que existe uma ligação irregular de águas pluviais ali, ou seja, água da chuva que está indo para o esgoto. Mas isso não quer dizer que vamos multar o morador e nem nada. Ele receberá todas as orientações da equipe para regularizar a situação, que muitas vezes nem de conhecimento do morador, por isso pedimos a colaboração de todos”, detalha a secretária de Meio Ambiente, Ana Trevelin.

Nesta primeira etapa, que ocorreu no período de março a junho, a operação vistoriou 247 imóveis sendo que em 9,31% das residências foram encontradas irregularidades.

Em caso de dúvidas, o número da SEMA estará disponível 3255-3316.

Fonte: PMB

Notícias Relacionadas

Equipe de Futsal de Bonito é campeã dos Jogos Escolares da Juventude em Coxim

O time de futsal bonitense, na categoria 12 a 14 anos, deu show nos Jogos Escolares da Juventude em...