Prefeitura divulga esclarecimentos sobre caso de influenza aviária em Bonito

Últimas Notícias

O prefeito Josmail Rodrigues, acompanhado da secretária municipal de Saúde, Ana Carolina Colla e do diretor adjunto da IAGRO, Cristiano Moreira, concederam entrevista a Rádio Bonito FM na manhã desta terça-feira (19) para esclarecimentos sobre o caso de gripe aviária, identificado em uma propriedade rural de Bonito no último sábado (16) e confirmado pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) na segunda-feira (18).

O representante da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO), explicou como o caso foi identificado, reforçando que ocorreu em uma ave (galinha) doméstica e que a origem do foco, provavelmente é de uma ave silvestre (pode ser pássaros em geral), que tenha migrado de alguma área com incidência de casos, como países vizinhos.

“Ainda não finalizamos os estudos, mas provavelmente a origem da doença é de uma ave migratória. Aqui em Bonito aconteceu o primeiro caso em aves de subsistências, ou seja, aves domésticas, e isso não faz com que o Brasil perca o estado para avicultura, então não compromete as nossas exportações, as nossas vendas em grandes áreas comerciais. Foi um caso isolado, foi um animal que deu positivo, está tudo sob controle, nós iniciamos os protocolo, a partir do momento da notificação nós fizemos a coleta, mandamos para o laboratório e após recebermos o resultado, acionamos Grupo Especial de Atenção a Suspeita de Enfermidades Emergenciais ou Exóticas de Mato Grosso do Sul (GEASE/MS). Nós já finalizamos o protocolo de despovoamento e estamos iniciando o de limpeza e desinfecção, então está tudo bem, tudo tranquilo, temos equipes treinadas e estamos desde o início do ano nos preparando para um eventual caso, visto que países vizinhos ao nosso estado, como Paraguai ou Argentina, já tiveram casos confirmados”, detalhou Cristiano.

Ele também reforçou que a gripe aviária não é uma doença de fácil transmissão para o humano, sendo necessário contato direto com o animal contaminado. “Você só adquire a doença se você tiver contato muito próximo a animais doentes. Como só haviam cinco aves doentes e todas estão mortas e apenas uma deu resultado positivo para a influenza, a população pode ficar tranquila, não precisa usar máscara na rua e nem nada. Também não existe a transmissão pelo consumo da carne do animal e nem dos ovos. A única coisa que pedimos é que se encontrem alguma ave doente, que acione o IAGRO para que possamos tomar as medidas necessárias”, finaliza.

A secretária de Saúde, complementou que as famílias que residem na propriedade onde a doença foi identificada, estão recebendo assistência médica e respeitando período de isolamento, porém não apresentam nenhum sinal de gripe. “Estamos apenas cumprindo os protocolos, mas eles estão todos bem, ninguém está doente ou com qualquer sintoma gripal. Estamos muito tranquilos e confiantes de que não teremos novos casos”, disse.

O prefeito Josmail Rodrigues agradeceu a reação imediata das equipes do IAGRO e de toda a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Semadesc), que montou medidas de vigilância sanitária rigorosas na região. “Nós estamos tranquilos em relação a situação, justamente porque tivemos essa resposta imediata, com identificação do foco, isolamento do local e rastreio de possíveis casos, não apenas na propriedade, mas nas fazendas vizinhas, no raio de até 10 km. Então nossa população pode ficar tranquila, porque estamos todos atentos e monitorando cada novidade”, finalizou.

Confira a entrevista completa:

Fonte: PMB

Notícias Relacionadas

Bonito está sob alerta de chuvas intensas até às 18 horas de terça-feira

A Capital do Ecoturismo de Mato Grosso do Sul está sob alerta de chuvas intensas, entre 30 e 60...