Pavimentação da Estrada do 21 chega aos 6 quilômetros finais e vai encurtar caminho entre Bonito e a Capital

Últimas Notícias

As obras de pavimentação da Estrada do 21, que liga Bonito a Anastácio, chegaram aos seis quilômetros finais neste mês de fevereiro. A expectativa é de que o serviço seja concluído até abril, dependendo das condições do tempo, como a chuva.

O secretário Helio Peluffo, da Seilog (Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística), percorreu o trecho para vistoriar a obra. “Desses poucos quilômetros que faltam pavimentar, um está dentro do perímetro urbano de Bonito. Por isso pedimos atenção das pessoas que vivem nessa área por causa das máquinas pesadas. Logo teremos essa estrada pronta para facilitar o acesso à cidade”, destaca.

A Estrada do 21 é chamada oficialmente de MS-345. Ela possui cerca de 100 quilômetros no trecho entre Bonito e a BR-419, já em Anastácio. Dividida em quatro lotes, as obras de pavimentação tiveram início em outubro de 2021.

Para quem parte de Campo Grande rumo a Bonito, a nova rodovia de asfalto encurta a viagem em 80 quilômetros pela BR-262, considerando 40 da ida e 40 da volta, na comparação com o caminho mais utilizado hoje em dia, pela BR-060.

Para pavimentar o trecho, o Governo do Estado investiu mais de R$ 340 milhões – dinheiro que beneficia os setores do turismo, já que facilita os acessos aos atrativos naturais de Bonito, e também da pecuária, uma das atividades econômicas de bastante presença em Anastácio.

A Estrada do 21, lembra o secretário Peluffo, foi projetada dentro das diretrizes do programa Estrada Viva, da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos). “Tem passagens inferiores de fauna para dar mais segurança aos animais e também aos usuários da rodovia, mitigando acidentes”, diz.

Outro investimento na malha rodoviária de Bonito é a pavimentação da Rodovia do Turismo, uma estrada vicinal de 10 quilômetros que liga o centro da cidade aos balneários do Rio Formoso, como o Ecopark Porto da Ilha e o Balneário do Sol. Também na reta final, a obra recebeu R$ 47 milhões de investimentos do Estado.

“Agora estamos licitando uma ponte para este trecho, sobre o Rio Formoso, que será mista de aço e concreto. Essa ponte não terá apoio dentro do rio. Os apoios serão nas extremidades, beneficiando o meio ambiente”, explica o secretário.

Outra novidade anunciada pelo titular da Seilog é a licença ambiental emitida para a obra de pavimentação da MS-382, rodovia que dá acesso à Gruta do Lago Azul, um dos atrativos turísticos mais visitados em Bonito. Segundo Peluffo, o documento emitido pelo órgão ambiental estadual autoriza a pavimentação de 46,9 quilômetros da rodovia, entre o perímetro urbano de Bonito e a Baía das Garças, na divisa com Porto Murtinho.

Fonte: Seilog

Fotos: Chico Ribeiro

Notícias Relacionadas

Previsão aponta mínima de 7 ºC em Bonito neste final de semana

Para quem estava achando que o frio já estava indo embora, a notícia pode não ser tão boa. Alerta...