Jardim é selecionado em programa Lixão Zero e recebe R$ 1 mi para investir no setor

Últimas Notícias

O município de Jardim foi dos 21 selecionados, entre 1590 inscritos, para receber investimentos federais destinados a modernização e ampliação dos serviços da coleta de resíduos sólidos.

A parceria foi viabilizada através de um projeto feito pela equipe do Departamento de Projetos em conjunto com o Departamento Municipal de Meio Ambiente para atender a diretriz do programa Lixão Zero.

O convênio foi firmado entre município e Governo Federal, através do Ministério do Meio Ambiente e garantiu um repasse R$ 1.017.500,00, com contrapartida de R$ 5.088,00. O investimento será destinado à melhoria e ampliação da eficiência da coleta seletiva, promovendo ações que visam prolongar o tempo de vida útil do aterro sanitário, além de promover a qualidade de vida.

Foto: Prefeitura de Jardim

Para os trabalhos efetivos dentro da política pública de resíduos sólidos, foram adquiridos dois caminhões (01 compactador e 01 carga seca), uma esteira de triagem com moega, uma compactadora enfardeira, 20 carrinhos bag, duas balanças, um triturador de vidros, uma empilhadeira e uma prensa hidráulica. “Um reforço importante para nossa estrutura local, que permitirá a composição de uma frota própria de veículos e equipamentos para a coleta, agilidade e ampliação dos nossos serviços”, destacou o prefeita Clediane Matzenbacher.

Também estão em fase de licitação uma empilhadeira, seis containers metálicos e 11 conjuntos de EPIS.

Ainda dentro do Projeto apresentado pelo município, há um programa de Educação e conscientização ambiental, com quatro ciclos de palestras e trabalhos educativos durante um ano, sendo um em cada trimestre, que beneficiam escolas municipais e estaduais de Jardim, com a finalidade de tornar esses agentes os protagonistas de políticas de sustentabilidade.

Vale salientar que dois ciclos já foram executados de forma online, devido a pandemia, em 2020. “É importante destacar a importância dessas aquisições para estruturação da UTR. Com a execução desse projeto, o tempo de vida útil do aterro sanitário será garantido, além de promover qualidade de vida aos catadores no trabalho de triagem que passará ser mais eficiente”, afirmou o presidente da Associação de Catadores, João Marcelo da Silva.

O Aterro Sanitário de Jardim atende ainda os municípios de Bela Vista, Porto Murtinho, Nioaque e Bonito, consorciados ao CIDEMA (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Integrado das Bacias dos Rios Miranda e Apa).

 

Notícias Relacionadas

Homem causa confusão em festa e ameaça policiais dizendo ser amigo da Prefeita

Depois de tentar retirar a ex-namorada a força de uma festa no Centro de Jardim, um homem de 30...