Vice Fábio Florença reassume Prefeitura de Miranda; licença de Edson Moraes foi renovada

Últimas Notícias

O vice-prefeito de Miranda, Fábio Florença (PDT) reassumiu a chefia do Executivo Municipal em sessão extraordinária realizada na manhã deste sábado, 1º de maio, na Câmara Municipal.

Na mesma sessão, os vereadores votaram e aprovaram o pedido de renovação da licença do prefeito Edson Moraes (PSDB). A licença de Moraes, afastado desde 19 de março por estar hospitalizado em tratamento de covid-19, venceria neste fim de semana. A nova licença do prefeito aprovada pelos vereadores não tem prazo final.

É a segunda vez que Florença assume a Prefeitura. A primeira foi em 31 de março quando foi oficializado o afastamento de Edson Moraes.

Foto oficial da posse do prefeito em exercício com vereadores e servidores da Câmara Municipal de Miranda. FOTO: Assessoria Prefeitura/Luciano Justiniano

Mas a covid-19 seguiu atingindo os núcleos de poder de Miranda: uma semana depois de assumir como prefeito em exercício, Fábio Florença teve que se afastar do cargo, com a esposa e diversos familiares acometidos pela doença. O próprio vice-prefeito teve um pico de hipertensão arterial. Por todos estes problemas, Fábio Florença foi afastado da Prefeitura, por orientações médicas. Ele não foi diagnosticado com covid-19.

No período de afastamento de Florença, o presidente da Câmara, vereador André Vedovato (PDT) assumiu a Prefeitura interinamente.

“Enfrentamos o desafio de administrarmos o município neste período de dificuldades”, afirmou Vedovato, lembrando de uma série de medidas que ele adotou na Prefeitura, especialmente na área da Saúde por causa da covid-19.

Ao falar dos desafios que enfrentará na gestão da Prefeitura, Fábio Florença disse que conta com o apoio da Câmara, pregando a necessidade de união entre as autoridades para ajudar a cidade a enfrentar a crise da pandemia de covid e todas as suas consequências.

O prefeito em exercício disse estar confiante na recuperação do prefeito Edson Moraes (PSDB), afastado do cargo desde 19 de março, hospitalizado em Campo Grande com complicações em decorrência da covid-19.“Quero pedir a Deus, pedir oração para que ele possa retornar com saúde e possa retomar seus trabalhos”, afirmou Florença.

Notícias Relacionadas

Em Miranda, telhado de casa desaba e fere pai e bebê de 3 anos

O telhado de uma casa desabou em Miranda, na tarde da quarta-feira, 05, deixando feridos o pai e um...