Como fluir com o rio da vida

Últimas Notícias

As águas são a epifania da criação.

Manoel de Barros

Difícil!!

Muito difícil essa questão, já que estamos sempre querendo controlar a tudo e a todos.

Várias vezes ouço o discurso do tipo assim:

A culpa é de fulano que fez as coisas tudo errado!

Olhar para o próprio umbigo ninguém quer, não é mesmo?

É muito fácil olhar para fora, apontar o dedo na cara do outro e se eximir da culpa, se eximir das responsabilidades “já que a culpa é sempre do outro, o que eu tenho haver com isso?”

Acontece que para fluirmos com o rio da vida precisamos ouvir nosso coração, mas essa conexão já está tão perdida que você não consegue mais ouvi-lá …

…você consegue sempre ouvir os desejos

da segurança

do medo

e do prazer

Buscas infindáveis para sempre ter mais

buscando sentidos

buscando respostas

buscando sempre algo além de você mesmo!

Sempre buscamos fora porque, olhar para dentro é MUITO DIFÍCIL, sendo assim passamos existências inteiras, buscando fora.

Volte para dentro e tome para si a responsabilidade que lhe cabe, construir o caminho do alinhamento interno é o primeiro passo para o bem-estar e equilíbrio desse personagem e dessa história.

Mas lembre-se têm que olhar para dentro, para si e não buscar fora algo que já está dentro de você!

Relógio do Dharma todos temos, basta achar o caminho de volta para casa.

E para você fluir com o rio da vida

Você precisa ouvir a voz de dentro, por isso essa conexão é tão importante, não dá para ouvir a voz de DENTRO buscando FORA meus amigxs.

Bjs de luz!

Gostou do texto? Me manda mensagem para me contar o que achou 🙂 @ailachristy

Do Pantanal para o mundo: Aíla Christy é nascida e criada em Miranda/MS graduada em Geografia (UFMS) e Pedagogia (UNIGRAN) possui mestrado em Recursos Naturais também pela UFMS e mestrado em Reiki (técnica milenar de harmonização mental, emocional, espiritual e física) realiza atendimentos holísticos terapêuticos com o Reiki, bem como cursos e palestras, e atua como Professora na cidade de Campo Grande/MS, seu propósito é contribuir com  a regeneração do planeta nas suas mais variadas formas.

  • Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do Bonito+

Notícias Relacionadas

Humildade

Por Tania Pellin (Parte 1) Humildade, de fato a entendemos? Ficamos equivocados quando indagamos sobre seu significado. Humildade, qualidade de quem...