Prefeitura e Estado estudam implantação de projeto Lote Urbanizado em Nioaque

Últimas Notícias

A construção de casas populares vai beneficiar família atingidas pela enchente do Rio Nioaque

Em busca de solução para as famílias frequentemente atingidas pelas cheias do Rio Nioaque, a prefeitura da cidade e o Governo do Estado estudam a implantação do projeto Lote Urbanizado, que vai construir casa para abrigar os ribeirinhos. A reunião para viabilização da parceria aconteceu nesta sexta-feira (22), em Campo Grande.

O encontrou contou com a participação do prefeito de Nioaque, Valdir Júnior (PSDB), da secretária de assistência social, Larissa Martelosso e da diretora-presidente da Agehab (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul), Maria do Carmo Avesani Lopez.

O projeto Lote Urbanizado garante que o Estado construa a base das casas e a primeira fiada de tijolos. A conclusão da obra é feita pelo município em parceria com o cidadão. Os detalhes do projeto, custos e documentos necessários, ainda serão definidos.

Nioaque está em alerta por conta das chuvas intensas desde o dia 15 deste mês, mas no início desta semana a situação se agravou. Os rios que cortam o município transbordaram e alagaram áreas rurais e urbanas. Na terça-feira (19) o prefeito Valdir Júnior (PSDB) decretou estado de emergência em virtude aos estragos causados pela enchente.

Segundo informações da Defesa Civil do município, do dia 1º de janeiro até o dia 19 foi registrado acúmulo de 523 milímetros de chuva na região. Pelo menos 44 famílias ficaram desabrigadas por causa da enchente.

Notícias Relacionadas

Governo do Estado acelera pavimentação de 113 km de rodovias-tronco da Rota Bioceânica

Três frentes de obras de pavimentação asfáltica em execução pelo Governo do Estado estão mudando o sistema viário nas...