Mulher é agredida e tem arma apontada para cabeça durante discussão com o marido

Últimas Notícias

Um homem de 40 anos foi preso em flagrante com um revólver calibre 32 sem registro depois de agredir e ameaçar atirar na cabeça da esposa. O caso acontece em Jardim, na madrugada desta segunda-feira (8).

Policiais militares da cidade foram avisados sobre o crime após a vítima, de 35 anos, dar entrada no Hospital Marechal Rondon. Enquanto era atendida, a mulher contou aos policiais que foi agredida pelo marido durante uma discussão. Detalhou que depois de ser atingida com vários socos no rosto, ainda teve uma arma apontada para a cabeça.

A vítima relatou que por várias vezes o autor ameaçou atirar e gritou que a mataria. Depois de ouvir a mulher, os policiais foram até o local em que o crime aconteceu, uma fazenda da região. Lá encontraram o suspeito que negou as agressões, mas confirmou ter uma arma em casa.

Ele entregou o revólver calibre 32 para os policiais e confessou não ter registro, por isso foi preso em flagrante. Na delegacia foi indiciado tanto pelo crime de porte de arma como por lesão corporal e ameaça contra a mulher.

Em depoimento a vítima contou que estava casada há 6 anos com o autor e que desde o ano passado vem sendo agredida física e psicologicamente, mas nunca denunciou o marido. Agora ele passa a ser investigado pela polícia.

Notícias Relacionadas

Táxi roubado em Bonito é localizado em aldeia de Miranda e suspeito identificado

Em menos de 24 horas as forças policiais de Mato Grosso do Sul localizaram o táxi roubado em Bonito...