Quadrilha paulista ostenta em Bonito com cartões falsos, mas acaba presa

Últimas Notícias

Depois de ostentarem no comércio de Bonito, aproveitarem diversos passeios durante o feriado e se hospedarem em hotéis e pousadas da capital do Ecoturismo, um grupo de turistas paulista acabou preso por estelionato. Os quatro suspeitos acabaram descobertos depois que todos os pagamentos feitos por eles começaram a ser cancelados pelo banco, um por um.

O flagrante aconteceu nesta quarta-feira (13), depois que o dono de um hotel, a proprietária de uma agência de turismo e também a dona e uma loja de roupa no centro da cidade procuraram a polícia.

As três histórias relatavam a mesma situação. Os quatro turistas – dois homens de 26 e 24 anos e duas mulheres de 21 anos e 23 anos – contrataram os serviços na cidade e efetuaram os pagamentos com cartões de crédito, todos em nome de outras pessoas, dias depois, as operações foram canceladas e os comerciantes avisados pela empresa.

Na agência de turismo o grupo contratou vários passeios e pagou mais de R$ 21,5 mil. Os casais ainda compraram roupas, artesanatos, roupas de banho, bonés e roupas infantis em loja do Centro, uma conta de mais de R$ 10 mil. Foram identificadas ainda reservas feitas por eles em pelo menos três hotéis da cidade.

Todas os pagamentos foram feitos por um único suspeito, o rapaz de 24 anos. Com todas essas informações na mão, os investigadores da Delegacia de Polícia Civil começaram as buscas pelo grupo. Encontraram primeiro dois dos envolvidos: o homem de 26 anos e a namorada de 23. Eles estavam hospedados em uma pousada.

Em um primeiro momento o jovem negou qualquer golpe e até conhecer o responsável pelos pagamentos falsos, mas depois de um tempo, confessou que era primo do suspeito. Revelou também que parte das roupas compradas na loja estavam dentro do quarto.

Ele não soube onde o primo e a namorada dele estavam, por isso as buscas por Bonito continuaram. Os policiais encontraram reserva em nome do alvo em dois locais diferentes, mas ele não estava em nenhum dele. Acharam o casal na casa de uma conhecida deles. Foram detidos e levados para a delegacia.

Na unidade policial o principal suspeito do crime contou que é de São Paulo, mas estava em Campo Grande e decidiu passar o feriado com os outros três envolvidos em Bonito. Dirigiram até a capital do Ecoturismo e começaram a aproveitar a cidade. Para isso, no entanto, entrou em contato com um homem que conheceu em grupos das redes sociais que oferecem cartões clonados e contratou os serviços.

O esquema, segundo ele, funcionava da seguinte maneira: quando efetuava as reservas recebia um link para pagamento, ele enviava então para o estelionatário, que pagava tudo com os dados falsos e reenviava o comprovante. Para as compras físicas, o suspeito enviava a ele o número do cartão e a senha para que digitasse na máquina de cartão. Em troca do serviço, explicou, repassava ao criminoso 20% do valor gasto.

Os quatro foram presos em flagrante e autuados por estelionato. O caso, no entanto, segue em investigação pela Delegacia de Polícia Civil do município.

Notícias Relacionadas

Motociclista de 19 anos fica gravemente ferido em acidente no Centro de Bonito

Acidente entre duas motos no Centro de Bonito deixou um jovem de 19 anos gravemente ferido na tarde desta...