Estado recebe nesta segunda, maior lote de vacinas AstraZeneca até agora

Últimas Notícias

Com isso, Mato Grosso do Sul soma 915.580 doses recebidas de vacinas contra o Covid-19

O Governo do Estado recebe nesta segunda-feira (3) um novo lote enviado pelo Ministério da Saúde com 89.520 doses da vacina contra Covid-19, sendo 82.500 doses da vacina AstraZeneca e outras 7.020 doses da vacina da Pfizer. Este é o 17º lote destinado a MS, sendo o maior em quantidade de doses da vacina AstraZeneca e o 3º maior no geral, ficando atrás apenas da primeira remessa, quando MS recebeu 158,7 mil doses da Coronavac e da 11ª, recebida em 1 de abril, com 109,5 mil doses, sendo 101.000 também do imunizante do Butantan

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, afirmou que com o novo lote de vacinas será possível avançar na aplicação da primeira dose na população. “Recebemos 155 mil doses em uma semana, com isso poderemos atingir um publico maior de pessoas com a primeira dose”, disse.

Na última quinta-feira (29) MS recebeu o 66.950 doses de vacina, sendo 1.200 doses da vacina Coronavac e 65.750 doses da vacina AstraZeneca e no sábado (1) foram mais 5.600 doses da vacina Coronavac, que foram encaminhadas ao Distrito Sanitário Especial Indígena (Dsei).

As 82.500 doses da AstraZeneca serão distribuídas aos 79 municípios nesta segunda-feira. As 7.020 da Pfizer serão aplicadas somente em Campo Grande, devido condições necessárias para armazenamento.

2ª dose AstraZeneca – Como intervalo recomendado entre as doses é até 90 dias, apenas o grupo imunizado no 2º lote, recebido pelo Estado em 24 de janeiro, já recebeu a 2ª dose do imunizante. MS voltou a receber a AstraZeneca apenas no 5º lote, em 24 de fevereiro, portanto as pessoas imunizadas neste lote devem receber a 2ª dose na segunda quinzena de maio.

CoronaVac – A Secretaria de Estado de Saúde ainda não divulgou posicionamento oficial sobre a data de chegada para novas doses da CoronaVac, mas segundo informações repassadas pela Secretaria de Saúde de Jardim, a previsão é de que ainda no começo desta semana, o Estado receba um novo lote para colocar em dia a 2ª dose.

Recebidos – Mato Grosso do Sul recebeu o primeiro lote com 158,7 mil doses da vacina Coronavac em 18 de janeiro. O segundo lote chegou ao Estado em 24 de janeiro com 22 mil doses da vacina AstraZeneca/Oxford. O terceiro lote chegou ao Estado em 25 de janeiro com 10,2 mil doses da vacina Coronavac produzida no Brasil. O quarto lote chegou em 07 de fevereiro com 32 mil doses vacina Coronavac produzida pelo Instituto Butantan.

O quinto lote chegou em 24 de fevereiro com 35.700 doses, sendo 22.500 dose da AstraZeneca/Oxford e 13.200 doses da Coronavac. O sexto lote chegou em 04 de março com 27,8 mil doses da vacina Coronavac. O sétimo lote chegou em 09 de março com 30.600 doses de Coronavac. O oitavo lote chegou em 17 de março com 54.600 doses da Coronavac. O nono lote chegou em 20 de março com 48.650 doses, sendo 47.400 da Coronavac e mais 1.250 AstraZeneca/Oxford.

O décimo lote chegou em 26 de março com 46,7 mil doses, composto por 38.800 doses da vacina Coronavac e 7.900 doses da vacina AstraZeneca. O 11º lote com 109,5 mil doses chegou em 01 de abril, composto por 101.000 doses da vacina Coronavac e 8.500 doses da vacina AstraZeneca. O 12º lote 53,6 mil doses chegou em 08 de abril, composto por 24.600 doses da vacina Coronavac e 29.000 doses da vacina AstraZeneca.

O 13º lote chegou no dia 15 de abril, com 77,9 mil doses da vacina contra Covid-19 sendo 31,4 mil doses da vacina Coronavac e 46,5 mil doses da vacina AstraZeneca. O 14º lote chegou em 22 de abril com 45,5 mil doses, sendo 35,5 mil da AstraZeneca/Oxford e mais 10 mil doses da Coronavac. O 15º lote chegou em 29 de abril com 66.950 doses, sendo 1.200 doses da vacina Coronavac e 65.750 doses da vacina AstraZeneca. O 16º lote chegou em 01 de maio com 5.600 doses da vacina Coronavac.

Notícias Relacionadas

Mato Grosso do Sul decreta fim da Emergência de Saúde Pública pelo Covid-19

Resultado das medidas tomadas para conter o avanço da pandemia de Covid-19, o Governo do Estado revogou o status...